Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais oferta vagas para Técnico Judiciário e Oficial Judiciário e ainda formará cadastro.

O Tribunal de Justiça Militar do Estado (TJM – MG) publicou o edital nº 1/2020 que vai prover cargos vagos de Oficial Judiciário (nível médio) e Técnico Judiciário (superior).

Os aprovados e efetivados atuarão na Secretaria do Tribunal de Justiça Militar e nas Secretarias de Juízo Militar. O concurso será executado pela Fundação Mariana Resende Costa – FUMARC. O regime de contratação será Estatutário, cumprindo 40 horas semanais de trabalho.

Cargos, especialidades e remuneração

Para o nível médio, como dissemos, as chances são para Oficial Judiciário, nas especialidades de Oficial Judiciário (19 vagas), Assistente Técnico de Sistemas (1 vaga). Estes servidores do Judiciário mineiro vão receber remuneração inicial mensal de R$ 3.692,61.

Quem possuir graduação poderá disputar as vagas de Técnico Judiciário, nas especialidades de Técnico Judiciário (cadastro de reserva), Contador (1 vaga), Analista de Sistemas (1 vaga), Administrador de Rede (1) e Estatístico (1). A remuneração inicial é de R$ 5.782,78.

Confira alguns requisitos para participar

Em primeiro lugar, o candidato precisa, logicamente, ser aprovado no concurso TJM – MG e ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, conforme a legislação. Além disso, é preciso:

Estar em gozo dos direitos políticos e civis e quite com as obrigações militares e eleitorais;

Ter a idade mínima de 18 anos completos e em gozo de boa saúde física e mental;

Apresentar certidões dos setores de distribuição dos foros criminais dos lugares que tenha residido nos últimos cinco anos;

Apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal e da Polícia dos Estados onde tenha residido nos últimos cinco anos;

Apresentar certidões ou declarações negativas dos entes públicos em que tenha trabalhado nos últimos dez anos;

Apresentar certidões ou declarações negativas do conselho ou órgão profissional competente; e

Apresentar documentação que comprove a escolaridade requisitada para cada cargo.

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas de 30 de março a 29 de abril de 2020, apenas via internet, através do endereço eletrônico da FUMARC. O valor da taxa de inscrição é de R$ 70,00 ou de R$ 90,00, conforme o cargo pretendido.

O candidato que não tiver condições de acessar a internet poderá fazer sua inscrição na sede do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais, na Rua Tomaz Gonzaga, 686, Lourdes, em Belo Horizonte, no horário de 9 às 17h, com exceção dos sábados, domingos e feriados.

Provas do concurso TJ – MG

A FUMARC aplicará duas etapas de seleção: provas objetivas de múltipla escolha e prova de redação. Todas essas avaliações, além da perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência e a averiguação dos candidatos que se declararam negros (de cor preta ou parda), serão realizadas em Belo Horizonte.

O cartão contendo as informações da inscrição será disponibilizado para consulta e impressão pelo candidato no site da FUMARC e no período informado no edital.

A previsão de aplicação das provas (objetiva e de redação) é no dia 31 de maio de 2020. As disciplinas cobradas nas provas serão as seguintes:

Cargo Disciplinas
Oficial Judiciário Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática e Redação (desenvolvimento de um texto dissertativo sobre tema contemporâneo)
Assistente Técnico de Sistemas Língua Portuguesa, Noções de Direito, Conhecimentos Específicos e Redação (desenvolvimento de um texto dissertativo sobre tema contemporâneo)
Técnico Judiciário Língua Portuguesa, Noções de Informática, Conhecimentos Específicos e Redação (desenvolvimento de um texto dissertativo sobre tema contemporâneo)
Analista de Sistemas, Administrador de Redes, Contador e Estatístico Língua Portuguesa, Noções de Direito, Conhecimentos Específicos e Redação (desenvolvimento de um texto dissertativo sobre tema contemporâneo)

Edital TJM MG

O edital, anexos e demais atualizações estão publicado no site da FUMARC. Você, candidato, não deve descuidar da leitura atenta desses documentos e do acompanhamento constante do certame.

O prazo de validade do concurso, inicialmente, será de dois anos, havendo, como de praxe, a possibilidade de prorrogação, a critério do TJM-MG.